Fundada em 13 de abril de 1965, a Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL-DF) foi constituída por iniciativa de 25 comerciantes da capital, com o propósito de fortalecer esse segmento quando a cidade ainda se formava, criando uma entidade que os identificasse.

Com cerca de cinco mil associados e 50 anos de atividade, é referência em temas de Economia e Varejo.

O principal produto da CDL é o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) que garante aos associados mais segurança no momento de efetivar a venda.

De acordo com o Estatuto, são finalidades da CDL:

- Fomentar e desenvolver a aproximação dos integrantes e dirigentes de empresas de varejo, visando estreitar o relacionamento e a colaboração recíproca para o desenvolvimento e afirmação da classe;

- Criar clima propício à cooperação, troca de informações e idéias e, substancialmente, à ação conjunta do Comércio Lojista no plano comum das questões que lhe são peculiares;

- Promover o conhecimento e a compreensão, por parte da comunidade, dos serviços a ela prestados ou postos a sua disposição pelas lojas de varejo, observados sempre os altos padrões de ética profissional;

- Cooperar com as autoridades, associações de classe e entidades afins, em tudo que seja de interesse direto ou indireto do comércio lojista e da comunidade consumidora;

- Criar e manter serviços de orientação e assessoria empresarial úteis e benéficos à classe;

- Patrocinar, co-patrocinar e participar de cursos, seminários, simpósios, convenções e congressos de caráter local, regional, nacional e internacional, e promover intercâmbio com entidades congêneres;

- Prestigiar a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, observando o respectivo Estatuto, preservando sempre as disposições do diploma estatutário;

- Manter a opinião pública informada e esclarecida sobre as finalidade e valiosas funções econômicas e sociais exercidas pelo Comércio Lojista;

- Estimular e promover a melhoria do conhecimento técnico especializado dos associados, Dirigentes e funcionários da CDL-DF, de empresários interessados e da comunidade em geral, instituindo cursos ou adotando meios hábeis ao aproveitamento, ilustração cultural e educação inerentes ao objetivo social, em benefício do desenvolvimento e evolução profissionais de cada um;

- Promover a educação profissional de empresários e trabalhadores, podendo criar e manter instituição de ensino e realizar convênios para qualificação, formação e desenvolvimento de mão-de-obra de nível básico, técnico e tecnológico.

 

Missão

Ser uma instituição inovadora e líder em produtos e serviços de apoio ao comércio lojista do Distrito Federal, com princípios e padrões elevados de qualidade e credibilidade, satisfazendo associados, clientes e a comunidade.

 

Lema

O associado é a razão de nossa existência. Satisfazê-lo em suas necessidades é nossa prioridade.

 

História

O funcionamento do Serviço de Proteção ao Crédito alavancou o comércio da capital. Vender à prazo no Distrito Federal, nos anos 60, era uma aventura de alto risco e o comércio necessitava de instrumentos que lhe permitissem alguma margem de segurança.

Isto ocorria porque os moradores vinham de fora, precisando adquirir bens, e muitas vezes, estavam na cidade somente de passagem, sem nenhuma referência. O calote era uma realidade freqüente, os lojistas amargavam prejuízos, e muitos faliram por essa razão. Dessa forma, a CDL alcançou grande valor para o comércio com o SPC.

Os lojistas passaram a se consultar pelo telefone, e de um grupo formado, entre outros, pelo superintendente regional da rede Ponto Frio, Dílson Aragão, o empresário Newton Rossi, da Cibral, e José de Melo - que se empenharam na conquista de lojistas para formação da entidade -, foi constituída uma comissão organizadora para criação do Clube de Diretores Lojistas, em 1965.

 

Primeira Diretoria

Termo de posse
Pelo presente instrumento, e na presença do Exmo. Sr. Prefeito do Distrito Federal, Dr. Plínio Cantanhede, empossa-se a primeira Diretoria do Clube de Diretores Lojistas de Brasília, eleita aos 28 dias do mês de maio de 1965, nos salões da Associação Comercial do Distrito Federal e empossada aos 4 dias do mês de junho de 1965 nos salões do Hotel Nacional de Brasília.

 

Presidente: José de Melo (General Movilar)

Vice-presidente: Ildeu Valadares (Moplan)

Diretor: Dilson Aragão (Ponto Frio)

Tesoureiro: Fábio Ramos (Casa Neno)

Diretor: Newton Rossi (Cibral)

Diretor Social: Rubem Rocha (Solomaq)

 

Primeiro presidente

De acordo com o ex-presidente José de Souza Garcia, o Clube de Diretores Lojistas de Brasília nasceu da iniciativa de José de Melo, primeiro presidente da CDL, lojista de Goiânia que transferiu-se para a capital federal, com experiência de associativismo de classe e procurou os principais lojistas da cidade - a maioria estabelecida na W 3 Sul - convidando-os a unirem-se na criação do Clube de Diretores Lojistas, com já existia em quase todas as capitais brasileiras.

Ele conta que José de Melo expôs aos comerciantes as vantagens da união através de um órgão representativo da classe, com o objetivo de conquistar força, representatividade e, entre outras finalidades, a de organizar-se no sentido de criar os seus próprios meios de sobrevivência e de se protegerem nas vendas a crédito (prestações), com o seu próprio Serviço de Proteção ao Crédito.