A segunda fase de adequação das empresas ao Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial) vai até 9 de janeiro de 2019 – prazo estipulado depois da última prorrogação. Agora os empregadores que têm negócios com faturamento de até R$ 78 milhões (valor referente ao ano de 2016) devem encaminhar os dados dos trabalhadores e seus vínculos empregatícios ao sistema. Na próxima fase, ainda em janeiro, será necessário enviar informações da folha de pagamento.

 

A Fundação da Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL-DF) fechou uma parceria com a brinquedoteca Park Club, localizada no ParkShopping. Como primeira ação, a Park Club arrecadou brinquedos para beneficiar crianças assistidas pela entidade. Foram doados 170 brinquedos, todos separados por idades, além de 200 pares de sapatos novos, fornecidos pela loja Muv Shoes.

Seguindo o patamar registrado no primeiro semestre, o número de inadimplentes no Distrito Federal seguiu estável durante o mês de agosto, com ligeira queda de 0,81% ante julho. O dado é levantado mensalmente pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), e divulgado pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) do DF.

A Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL-DF) participou da primeira edição do Construção de Líderes, promovido pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) entre os dias 20 a 23 de setembro na Chapada dos Guimarães, Mato Grosso. O evento contou com representantes das cinco regiões do país, e ofereceu uma programação baseada em palestras e painéis com especialistas e personalidades reconhecidos nacional e internacionalmente, referências em suas áreas de atuação. Tendências tecnológicas de consumo, novos formatos de relações de trabalho e a missão do associativismo no apoio ao varejo foram alguns dos principais temas.

Nesta quinta-feira (13), a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) do Distrito Federal recebeu o Diálogo Unecs com os principais candidatos ao governo do DF. Rogério Rosso (PSD), Alberto Fraga (DEM), Alexandre Guerra (NOVO) e Rodrigo Rollemberg (PSB) participaram das sabatinas, que focaram em propostas para tornar a unidade da federação mais competitiva em relação a outros estados.