A Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL-DF) tem como legado um histórico de lutas em prol do comércio local, com o objetivo de fortalecer empresários e empreendedores e dinamizar a economia. Neste ano, a entidade levou esse propósito ainda mais a sério, construindo parcerias, movimentando eventos importantes e se aproximando mais do poder público.

Na última quinta-feira (21), por exemplo, foi sancionado o Programa de Promoção do Desenvolvimento Econômico Integrado e Sustentável do Distrito Federal (Pró-DF II), lei construída em parceria com a CDL-DF e outras entidades do setor produtivo. Ela visa oferecer segurança jurídica para os empreendedores que até 19 de maio de 2015 receberam a escritura ou Atestado de Implantação Definitivo – as modificações ainda buscam incentivar a oferta de crédito e oportunidades de negócios.

Confira abaixo outras atividades realizadas em 2017 pela CDL-DF:

Feira Internacional de Varejo em Nova York

O presidente da CDL-DF, José Carlos Magalhães Pinto, participou da NRF Big Show 2017, o maior evento de varejo do mundo, em janeiro. Ao todo, a NRF teve 35 mil participantes de 94 países, e lá foram apresentadas as principais tendências da área. Além do presidente, também participaram os conselheiros Antônio Augusto Moraes e Edson de Castro; e os diretores Amaro Neto, Paulo Valadão, Virgínia Guimarães e Wagner Gonçalves.

Posse da atual gestão

No dia 28 de março, ocorreu a cerimônia de posse da gestão 2017-2018 da CDL-DF, CDL Jovem DF e Fundação CDL, com presidentes, diretores e conselheiros deste biênio. O evento ocorreu no Dúnia City Hall, no Lago Sul, e contou com a participação de autoridades, como o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, o senador Cristovam Buarque (PPS-DF), o presidente da CNDL, Honório Pinheiro, e o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro. José Carlos Magalhães Pinto é dono da Disbrel, empresa de equipamentos e acessórios de refrigeração, e membro da CDL-DF há 16 anos, empossado como o 17.º presidente da instituição. Neste ano, a CDL-DF completou 52 anos de atuação em Brasília.

Aproximação com o GDF

A CDL-DF esteve em contato com o governo do Distrito Federal durante todo o ano, especialmente no segundo semestre. Em agosto, o governador Rodrigo Rollemberg recebeu lojistas do DF para discutir pleitos do varejo. Entre os assuntos levantados pela CDL-DF, estavam a implantação de linhas de ônibus no trecho 17 do SIA, com a pretensão de atender aproximadamente 2.700 funcionários de mais de 50 empresas ativas nessa região. Reconhecendo o esforço do governo distrital, a CDL-DF homenageou Rollemberg entregando-lhe o título de sócio honorário da instituição. Em reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do Distrito Federal (CDES-DF) ocorrida em abril na residência do governador, o presidente da CDL-DF defendeu a ideia de que Brasília se torne um polo varejista.

Trabalho em conjunto com a SEDS

Desde que assumiu a pasta, o secretário de Economia e Desenvolvimento Sustentável, Valdir Oliveira, tem trabalhado para levar as pautas do setor produtivo ao governo do Distrito Federal, o que agradou aos empresários da cidade. Houve diversos encontros, até mesmo na CDL-DF, para tratar de temas importantes para o comércio. O presidente da entidade, com diretores e conselheiros, participou de reunião em novembro para levar uma reivindicação à Secretaria da Fazenda: a desoneração do Diferencial de Alíquotas (Difal) de ICMS. Isso traria um impacto positivo à economia do DF, que teria condições de praticar preços mais competitivos e atrativos (na comparação com valores cobrados em outros Estados), aumentando vendas e beneficiando o consumidor final.

Lançamento e participação no Codese-DF

Em maio, ocorreu a eleição da diretoria do Conselho de Desenvolvimento Estratégico, Social e Econômico do Distrito Federal (Codese-DF), fundado pela CDL-DF e por outras entidades do comércio e do setor produtivo em março deste ano. O objetivo é participar ativamente do planejamento econômico sustentável de Brasília e entorno, em curto, médio e longo prazo. Foram realizadas mais de 20 reuniões entre conselho e Câmaras (do Comércio, do Vestuário e do Eixo BSB/Goiânia-RIDE, em que a CDL-DF tem representatividade), até mesmo com membros do governo. Em setembro, por exemplo, o presidente da Câmara Legislativa do DF, deputado Joe Valle (PDT), além dos secretários Valdir Oliveira (Desenvolvimento Econômico), Wilson José de Paula (Fazenda) e Leany Lemos (Planejamento) discutiram previdência e junção de fundos. Ficou acertada uma agenda de trabalho conjunto e permanente entre os poderes e o Codese/DF, para discutir o desenvolvimento econômico, sustentável, estratégico e social do DF. Em novembro, houve a posse da diretoria executiva do biênio 2018/2019, em que o presidente da CDL-DF foi nomeado conselheiro deliberativo.

Aproximação com o governo federal

A CDL-DF, representada pelo presidente, José Carlos Magalhães Pinto, e pelo presidente da CDL Jovem DF, Raphael Paganini, participou do evento em que o presidente da República, Michel Temer, sancionou a Lei 13.455, a partir da conversão da MP 764/2016. A lei trata da diferenciação de preços de acordo com a forma de pagamento. A cerimônia ocorreu no Palácio do Planalto.

Parceria com a Caixa Econômica

A CDL-DF participou, em agosto, da assinatura de um acordo de cooperação entre a Caixa Econômica Federal e a CNDL, que visa a impulsionar o segmento varejista do País. O banco se comprometeu a destinar R$ 1 bilhão em recursos para o setor produtivo, além de disponibilizar condições diferenciadas para os associados ao sistema CNDL. Em outra parceria com a Caixa, em novembro, a CDL-DF participou do lançamento do caminhão Quita Fácil, cujo intuito era reduzir a inadimplência. A entidade participou, também, de reuniões com outros bancos em 2017: Banco do Brasil, BRB e Banco do Nordeste.

Participação no Copep/DF

A CDL-DF foi representada por um diretor em todas as reuniões do Conselho de Gestão do Programa de Apoio ao Empreendimento Produtivo do Distrito Federal (Copep/DF) e Câmaras. A entidade participou ativamente com contribuições à Secretaria de Estado de Economia e Desenvolvimento Sustentável nas reuniões da PL 1743/2017, sobre o Pró-DF 2, e relatou aproximadamente 50 processos até novembro. O Conselho teve seu regimento interno deliberado para funcionamento em julho, em evento que contou com a presença do governador. O órgão foi definido como a última instância na análise de processos do Pró-DF, com o intuito de beneficiar o setor produtivo.

Revitalização da W3 Sul

Foram realizadas 12 reuniões neste ano a respeito do projeto piloto apresentado à Secretaria de Estado de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sinesp) sobre a revitalização das quadras 511 e 512 da W3 Sul. Pleito antigo da CDL-DF, a obra está em fase da finalização de orçamento para posterior realização. Lojistas das quadras citadas também participaram das negociações.

Capacitação

Brasília recebeu, na sede da CDL-DF em março, o Programa Nacional de Desenvolvimento do Varejo (PNDV), uma parceria da CNDL com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), cujo objetivo é fortalecer o setor por meio de capacitação e proposição de políticas públicas. O objetivo principal do evento é apresentar o Inova Varejo, uma iniciativa da CDL Jovem focada na importância da inovação tecnológica para o segmento de comércio e serviços que reúne em uma plataforma diversos aplicativos, a maior parte de baixo custo ou gratuitos, para lojistas. Houve ainda uma palestra sobre soluções para automação no varejo, feita pela Associação Brasileira de Automação.

Em agosto, a CDL Jovem DF encabeçou, com a RISE Planejamento, uma palestra gratuita sobre planejamento financeiro para empresários, na sede da entidade. Os temas abordados pelos palestrantes – os planejadores financeiros João Pessine e Pedro Jobim (um dos diretores da CDL Jovem DF) – envolviam dicas de como construir um futuro estável, a fim de proteger-se de riscos, como montar uma carteira de investimentos orientada para os objetivos e construir patrimônio para conquistar independência financeira etc.

Dia da Liberdade de Impostos

Pela nona vez, a CDL Jovem DF promoveu uma edição da campanha que é sucesso de público na capital. O Dia da Liberdade de Impostos, realizado em 1.º de junho, visava a mostrar que os cidadãos brasileiros trabalharam aproximadamente 153 dias em 2017 apenas para pagar impostos. O valor é semelhante ao de países desenvolvidos, com a diferença de que aqui o acesso a serviços públicos é muito mais escasso. Na data, as unidades do posto Jarjour venderam 46 mil litros de gasolina a 2.300 consumidores pelo valor sem impostos embutidos (a R$ 2,14 o litro), e a Champion Peugeot vendeu um carro sem impostos, um 208 Active 1.2, com desconto de quase R$ 15 mil. Ações de conscientização sobre a tributação ocorreram em mais 11 Estados.

Seis anos do Cativando Sorrisos

Principal projeto da Fundação CDL-DF, o Cativando Sorrisos completou seu sexto ano de trabalho. Trata-se de um consultório dentário itinerante, operado dentro de uma van, que atende gratuitamente crianças e adolescentes carentes, com pouco acesso a sistemas de saúde. Desde a criação do projeto, foram realizados mais de 42 mil procedimentos e atendidas mais de 4,5 mil pessoas.

Feijoada Solidária com Dudu Camargo

A CDL Jovem DF realizou em outubro a 19.ª edição da Campanha Sorriso Aberto, com a Feijoada Solidária, que teve o renomado chef Dudu Camargo encabeçando o cardápio de comidas e bebidas e contou com a parceria das bandas Camafeu e Surf Sessions, além da cantora Adriana Samartini. A proposta deste ano envolveu uma reformulação do evento, buscando atrair também os mais jovens, com shows animados e open bar variado. A feijoada arrecadou mais de R$ 10 mil, destinados ao pagamento de seis meses de aluguel da Creche Alecrim, que atende crianças carentes da Estrutural.

Campanhas do Agasalho e do Natal

A Fundação CDL-DF promoveu, como faz anualmente, duas grandes campanhas em 2017. A do Agasalho, realizada no meio do ano, distribuiu cerca de 1,5 mil abrigos de inverno para crianças atendidas por instituições de diversas regiões administrativas. Já a Campanha do Natal reuniu padrinhos e madrinhas para presentear 300 crianças e adolescentes carentes, também atendidos por instituições do DF, com um kit recheado de itens importantes, como roupas, calçados, produtos de higiene e livro. Os pequenos ainda ganharam uma festa no início deste mês, com direito a atividades recreativas, brinquedos, comilança e, claro, a presença do Papai Noel.

Fórum Nacional do Comércio

Brasília recebeu, nos dias 24 e 25 de Outubro, a terceira edição do Fórum Nacional do Comércio, evento que já é referência no País. Realizado pela Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL-DF) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), o encontro debateu o papel do varejo na retomada do crescimento econômico. O fórum contou com a presença de especialistas e dos ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, do Planejamento, Dyogo Oliveira, e do Desenvolvimento Social, Osmar Terra. Na avaliação deles, a “recessão acabou” e o País está pronto para avançar.

CLDF

Em setembro, o presidente da CDL Jovem DF, Raphael Paganini, e diretores da entidade, se reuniram com o deputado Joe Valle (PDT-DF), também presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), para solicitar agilidade na aprovação do Projeto de Lei referente ao Programa de Apoio ao Empreendimento Produtivo do Distrito Federal (Pró-DF II) – a medida potencializa a capacidade econômica da cidade, substituindo a importação de produtos e serviços de outros Estados por aqueles feitos aqui. A reforma da previdência dos servidores do DF também entrou na pauta da reunião.

Posse do Credilojista

Em julho, o presidente do Sicoob Credilojista, Ségio Luiz Viott, tomou posse para mais um mandato à frente da cooperativa, que ajuda especialmente lojistas a conseguirem crédito, idealizada em 2002 pelos dirigentes da CDL-DF.

Vice-presidência da CNDL

Foi eleita no fim de outubro a nova presidência da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) para o triênio 2018/2020. O empresário mineiro José César da Costa será o novo presidente, que terá como um dos vices o presidente da CDL-DF, José Carlos Magalhães Pinto. Para ele, o novo mandato trará a oportunidade de aproximar o varejo brasiliense das políticas públicas nacionais voltadas ao comércio. O diretor do SPC da CDL-DF, José Amaro Neto, também integra a chapa como conselheiro fiscal suplente.

SPC Brasil

O presidente José Carlos Magalhães Pinto participou da reunião ordinária do Conselho Nacional do SPC Brasil em 30 de novembro – o oitavo encontro do órgão no ano de que a CDL-DF participou. Lá, houve a assinatura da constituição da nova empresa composta pela CNDL e pelas CDLs de todo o Brasil. Em 2017, a CDL-DF ainda anunciou o lançamento do novo posto de atendimento ao consumidor do SPC Brasil no Shopping Venâncio 2000, com área de 67,2m².

Números da inadimplência

Em setembro, a CDL-DF divulgou, pela primeira vez, o número absoluto de pessoas endividadas no DF, fornecido pelo SPC Brasil: em agosto deste ano, 829 pessoas estavam negativadas – o equivalente a 36,5% da população brasiliense entre 18 e 94 anos. A principal razão para esse cenário, apontada pela CDL-DF, foi o desemprego. “A economia ainda precisa melhorar para absorver esses trabalhadores que estão parados e, consequentemente, diminuir a aquisição de dívidas”, ponderou Magalhães.

Parceria com o Sebrae

A CDL-DF participou, no início de agosto, do Mutirão da Simplificação em Samambaia, onde aproximadamente 2.600 pessoas foram atendidas. A quarta edição do evento, uma parceria entre o GDF e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), teve o intuito de facilitar a abertura de pequenos negócios na capital. A CDL-DF disponibilizou uma equipe para atender os empresários mediante consultas de SPC e captação de Cadastro Positivo gratuitamente. Segundo o presidente da entidade, José Carlos Magalhães Pinto, um dos objetivos centrais da ação era legalizar as empresas. No fim deste ano, a CDL-DF ainda participou da reunião do Conselho Deliberativo do Sebrae, momento em que o presidente da entidade agradeceu, em nome da diretoria e do conselho, às duas instituições pela parceria firmada.

Debate no Correio Braziliense

Em novembro, o presidente da CDL-DF, José Carlos Magalhães Pinto, acompanhou o debate “Os avanços do Sistema Simples Nacional”, promovido pelo jornal Correio Braziliense. O evento contou com a participação de empresários – inclusive o presidente da CNDL, Honório Pinheiro – e políticos, que discutiram a tributação, em proposição no Congresso. Eles avaliaram a necessidade de mudanças estruturais para atender micro e pequenas empresas. Na ocasião, a entidade defendeu a instituição das cooperativas de financiamento para melhorar o ambiente de empréstimos – até mesmo para estimular a abertura desses negócios.