O presidente da CDL-DF, José Carlos Magalhães Pinto, participou de matéria para o DFTV sobre a revitalização da W3 Sul. Além das melhorias dos espaços, a renovação dos empreendimentos também foi mostrada. José Carlos lembra que a avenida já foi um ícone para Brasília e que hoje representa esperança. Veja a reportagem completa aqui.

Na última sexta-feira, 19, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL-DF), José Carlos Magalhães Pinto, visitou o novo empreendimento na 506 Sul, a Infinu. Um dos idealizadores, Miguel Galvão, agradeceu a visão da CDL-DF de apostar na W3 Sul e acredita no potencial da avenida. O espaço tem o objetivo de fomentar a gastronomia, a moda, a cultura, a música, a educação e o empreendedorismo brasilienses.

O presidente da CNDL, José César da Costa, participou nesta quinta-feira (25), por videoconferência, da reunião do Comitê de Comércio, Serviços, Varejo, Bares e Restaurantes. O secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, Carlos Alexandre da Costa, conduziu o encontro que contou também com a participação das entidades que compõem a União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (UNECS).

A transformação digital já é realidade na vida de todos nós há alguns anos. De diversas formas, fomos nos acostumando a incorporar novos hábitos tecnológicos que, aos poucos, vinham mudando as nossas vidas. Esse avanço da tecnologia nos modos e costumes foi rapidamente acelerado pelas mudanças sociais impostas pelo coronavírus. Dentro desse contexto, empresas e pessoas foram forçadas a se reinventar rapidamente. Nesse processo, o planejamento de marketing das empresas também precisa ser repensado.

O comércio varejista no país teve queda de 16,8% na passagem de março para abril deste ano, segundo dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada hoje (16) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Essa queda, provocada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19) foi a mais intensa em 20 anos, de acordo com o IBGE. O varejo também registrou quedas de 6,1% na média móvel trimestral e de 3% no acumulado do ano. No acumulado de 12 meses, há um crescimento de 0,7%, de acordo com a PMC.