Estamos vivendo uma fase crítica da pandemia que motivou novos decretos, como o lockdown e o toque de recolher. Nós, da Câmara de Dirigentes Lojista do Distrito Federal (CDL-DF), reforçamos a preocupação com o comércio fechado e buscamos soluções que possam amparar os lojistas.

A CDL-DF entende que as medidas adotadas são de suma importância para conter o avanço da Covid-19, mas acredita que campanhas de conscientização e uma fiscalização efetiva poderiam ter evitado que, mais uma vez, empregos fossem perdidos e negócios prejudicados. Acreditamos que a vacinação é a forma mais eficaz de conter o avanço da doença e a mais segura para a retomada das atividades econômicas. Reiteramos a urgência de o Governo Federal prover medidas de emergência, com liberação de crédito de fácil acesso, que possibilitem a sobrevivência dos pequenos negócios.

Nessa semana conseguimos algumas vitórias. O governador anunciou algumas medidas para auxiliar o comércio: a isenção de pagamento pela ocupação de áreas públicas, os famosos “puxadinhos”, e o aumento do prazo para pagamento do IPTU e TLP para 12 meses para empresas prejudicadas pelas restrições.

Isso reforça mais uma vez a importância da união para melhores resultados. Continuaremos lutando juntos.

Wagner Silveira
Presidente da CDL-DF