Tivemos uma semana agitada e frutífera! Na CDL-DF, recebemos a secretária de Turismo do DF com propostas de importantes parcerias com o setor privado (vejam matéria a seguir). Além disso, na última quarta-feira, 21, o presidente Jair Bolsonaro aprovou o PLN 2/21 (Lei 14.143/21), que altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e possibilita a abertura de crédito extraordinário para programas emergenciais. A Câmera de Dirigentes Lojistas Jovem do Distrito Federal (CDL-DF) apoia a decisão e acredita que o projeto sancionado irá beneficiar as micro e pequenas empresas com medidas de socorro aos negócios.

Com a aprovação do projeto de lei, ações como o Programa Emergencial de Acesso ao Crédito (PEAC), o Programa Emergencial do Emprego e Renda (BEm) e o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas podem ser retomadas pelo Governo Federal, contribuindo para a sobrevivência e estabilidade das empresas do setor varejista.

Sabemos que no momento, os comerciantes são os que mais tem sofrido impactos financeiros devido a pandemia. Por isso, a sanção do PLN 2/21 é de grande apoio ao setor empresarial, de forma a equilibrar o fluxo de caixa, pagar fornecedores, fazer investimentos, entre outras ações. O retorno das medidas emergenciais é tardio, mas necessário para enfrentar a crise econômica que vivemos.

Continuaremos lutando juntos para alcançar melhores resultados. Vamos em frente!

Wagner Silveira Júnior
Presidente da CDL-DF