No último sábado (4), a CDL-DF participou da entrega de murais de grafite na 506 Sul. Durante o encontro, também foram debatidas ações e iniciativas para dar continuidade ao projeto de tornar a W3 um polo de economia criativa e turismo.

Estiveram presentes o presidente da CDL-DF, Wagner Silveira, o Secretário de Turismo do DF, William de Almeida e os empresários Maiene Horbylon e Miguel Galvão, idealizadores do espaço Infinu, além das artistas responsáveis pela produção dos murais.


Em seu discurso, o presidente Wagner Silveira relembrou o envolvimento da CDL-DF no projeto e a parceria com o GDF. “A promessa de investimento na recuperação da W3 foi feita lá atrás, durante a campanha. Quando o governador Ibaneis assumiu o cargo, deu início à revitalização das quadras 511 e 512, um projeto que deu tão certo que hoje estamos com uma W3 Sul com iluminação, calçadas adequadas, becos renovados”.


O presidente salientou ainda a importância das melhorias por toda a cidade para atrair mais investimentos de empresários, incentivar a circulação de pessoas, melhorar o movimento no comércio e, consequentemente, gerar mais empregos. “É um ciclo virtuoso de economia e desenvolvimento, é isso que precisamos aqui em Brasília”.


Os murais inaugurados são resultado do projeto da Secretaria de Turismo em parceria com a CDL-DF e com os empresários locais que pretende transformar a W3 Sul em uma grande galeria de arte a céu aberto, como o Wynwood Walls em Miami, e levar de volta o movimento para a avenida.


O diretor da CDL-DF, Henrique Alencar e o conselheiro e ex-presidente, José Carlos Magalhães também estiveram presentes no encontro que comemorou a entrega das obras à população de Brasília.