Empreendedores de micro, pequenas e médias empresas celebraram a aprovação do Senado Federal a MP da Liberdade Econômica (Medida Provisória 881/19). Colocando fim as burocracias que reduzem a competitividade da iniciativa privada no país. O presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL-DF), José Carlos Magalhães Pinto, comemora a vitória no Plenário. “Essa medida facilitará a abertura de novos negócios, e consequentemente, a geração de emprego e renda”, ressalta.

Para assegurar a melhoria do ambiente de negócios em Brasília, a Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL-DF) continua seus trabalhos com o comércio brasiliense. As obras de revitalização da W3 Sul estão na reta final e as quadras 511 e 512 serão entregues com novas calçadas, estacionamentos e acessibilidade.

O IV Fórum Nacional do Comércio foi realizado nas últimas terça e quarta feiras (17 e 18/9) com a presença das maiores lideranças do varejo no centro de convenções do Royal Tulip Hotel. Na terça-feira, o presidente da CDL-DF, José Carlos Magalhães Pinto, traduziu o clima do encontro, lembrando que o evento tem, dentre seus principais objetivos, criar momentos de discussão sobre a economia do país. Essa discussão é uma forma de ampliar o debate para a esfera política, econômica e institucional com o propósito de submeter ao poder público propostas que redirecionem a política econômica para assegurar maior competitividade das empresas de comércio, bens e serviços.

“A força do setor que movimenta o Brasil” é o tema do IV Fórum Nacional do Comércio que ocorrerá nos dias 17 e 18 de setembro no Hotel Brasília Royal Tulip Alvorada. Promovido pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL-DF), o evento tem como objetivo discutir a economia brasileira.

Em entrevista ao DF Record 2ª edição, o presidente da CDL-DF, José Carlos Magalhães Pinto, comentou sobre a possibilidade da W3 Sul ser uma rua de lazer aos sábados.