Milhões de famílias em situação de vulnerabilidade social começam a receber, na próxima terça-feira (6), a primeira das quatro parcelas do novo auxílio emergencial. O governo federal prevê conceder o benefício a cerca de 45,6 milhões de pessoas, este ano. Os recursos serão depositados nas contas digitais que abertas pela Caixa para os beneficiários no ano passado.

O presidente Jair Bolsonaro assinou na última segunda-feira (29) uma medida provisória (MP) com o objetivo de modernizar e desburocratizar o ambiente de negócios no Brasil, melhorando a posição do país no ranking Doing Business, do Banco Mundial. O documento traz mudanças legislativas para a simplificação de abertura de empresas, a proteção aos investidores minoritários, a facilitação no comércio exterior de bens e serviços e a liberação de construções de baixo risco, entre outros.

Diante de um cenário que impõe duras restrições à produtividade do país, o Governo Federal deve promover ações que possam auxiliar no desenvolvimento socioeconômico da nação. Dessa forma, defendemos a Carta Aberta encaminhada pela Frente Parlamentar de Comércio, Serviços e Empreendedorismo (FCS) e pela União Nacional das Entidades de Comércio e Serviços (UNECS) às forças políticas, solicitando ações de socorro à população e às empresas brasileiras.

Nessa sexta-feira, 26, o vice-presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal, Eduardo Rodrigues, e o diretor Henrique Alencar participaram de uma reunião com Zuldene Cipriano, consultora do Sebrae DF.

Na última sexta-feira (19), o vice-presidente da CDL-DF, Eduardo Rodrigues, e o diretor Henrique Alencar participaram de uma reunião remota para debater melhorias e soluções para a W3 Sul. Promovido pelo Deputado Distrital Rodrigo Delmasso, o encontro contou com a presença de prefeitos comunitários, lojistas e entidades que representam os moradores da região.