A W3 Sul já está dando os primeiros passos para ser uma galeria de arte a céu aberto. Na última quinta-feira, 9, foi iniciada a pintura dos primeiros painéis de street art, na fachada do prédio do GDF, na 507 sul. Promovida pela CDL-DF, a iniciativa faz parte de um projeto da Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF) que pretende trazer de volta o movimento para a avenida.

A Fundação CDL-DF visitou o Instituto de Cardiologia do Distrito Federal (ICDF) para conhecer melhor seu trabalho e formalizar a doação de 14 poltronas destinadas à UTI Cardiopediátrica e Internação Pediátrica.

A equipe da CDL- DF foi recebia pela coordenadora do serviço social, Débora de Freitas, a gerente de infraestrutura, Lorene Rocha e a arquiteta, Raquel Teodoro.

A Fundação CDL doou duas poltronas hospitalares ao Instituto do Carinho, atendendo a um pedido da Instituição. Os itens são para o uso das cuidadoras responsáveis por crianças e adolescentes com síndromes raras, que demandam atenção 24h por dia.

Na última sexta-feira, 27, foi divulgado um levantamento sobre os efeitos da retomada das atividades comerciais no Distrito Federal. A pesquisa mostrou que o comércio e o serviço na capital do país tiveram alta nas vendas de 13,53% e 1,2%, respectivamente. Os indicadores correspondem aos resultados observados em julho, na comparação com maio. Outro ponto que indica um cenário positivo no desempenho do comércio é a queda nos índices de desemprego no DF pelo terceiro mês consecutivo, demonstrando um recuo de 19,3% da taxa total em abril, para 18,2% em julho.

A Fundação CDL- DF foi procurada pela jovem Thayla Brenda da Silva, de 20 anos, com o pedido de ajuda para a realização de um tratamento odontológico. Thayla é egressa do serviço de acolhimento para crianças e adolescentes sob medida judicial protetiva e relatou a dificuldade de conseguir oportunidade de trabalho, por conta da estética e das condições de sua saúde bucal.